terça-feira, 13 de dezembro de 2011

.um pouco sobre mim, sobre minha reação diante da morte de alguém muito querido ou até de um desconhecido muito querido de outras pessoas...


. hoje ainda estou MUITO triste com o falecimento do meu amigo querido ODÉCIO OLIVEIRA, como noticiei domingo no meu perfil no facebook. hoje não queria dizer nada que não fosse: ESTEJA EM PAZ MEU AMIGO QUERIDO! Ele tinha minha idade, foi uma das pessoas MAIS ALEGRES que conheci na vida, todos com quem falei no velório foram unânimes em lembrar da risada larga dele, a gargalhada dele faria até o anão zangado, da branca de neve, rir sem cerimônia, risos, era contagiante e isso desde a infância, era natural nele, tanto que essa famosa risada, de encher os olhos de lágrimas, o perseguiu à fase adulta, estudamos na mesma sala por vários anos no mesmo colégio aqui de Assis, o famoso "Lurdão", normalmente fico reflexiva com qualquer óbito, este em especial, de alguém com a minha idade, com quem convivi por tanto tempo, tocou-me ainda mais.


. minha relação com a morte, meu sentimento em relação a morte se manifesta em pensamentos ao longo de vários dias, a perda me faz querer viver ainda mais, tudo ao mesmo tempo agora como diria aquela música, sentir todas as realizações e obras de DEUS para o ser humano, ser, sentir, esquecer que o ter não significa nada quando chegamos ao fim da vida terrena, quando vejo já estou pensando:

. qual foi a última música que aquela pessoa querida ouviu? ela nem sabia que seria a última, aliás, ao longo do dia ouço várias, muitas delas com certeza deve ser a minha última vez, e não dá para saber se realmente será, não dá para ouvir ou visitar todos os lugares do mundo antes do fim...

. qual foi a última refeição, será que a pessoa comeu sua comida favorita quando teve a última oportunidade, será que sentiu o sabor e o prazer daquela gostosura que por anos poderia ter lhe deixado entre a cruz e a espada em uma dieta com a pergunta comer ou não comer? espero que o Odécio querido tenha comido MUITO seu sabor preferido! (pausa... lágrimas).

. qual a última roupa usada? qual o último banho? qual o último diálogo em sã consciência? penso em tantas coisas que tiveram seu último instante para aquela pessoa, o último ato. qual o último afago/carinho? a última cena de novela? o último encontro familiar?

. e agora, com a proximidade do Natal, fico ainda mais introspectiva, para o meu amigo querido o último Natal foi o do ano passado, ele não sabia, mas foi, como foi para o Dr. Elias (o Pai), o advogado com quem eu trabalhava há mais de 13 anos e faleceu em setembro do corrente. e pego-me pensando será que este será o meu último? se for, quero que seja muito bem vivido, com o maior número de pessoas... (pausa... lágrimas novamente)... que amo e que quero tão bem, inclusive as amigas virtuais que fiz nos últimos anos.

. enfim... o título dessa reflexão poderia ser... A ÚLTIMA VEZ!

PARA QUEM ESTÁ ABATIDO, TRISTE, SOFRIDO... O Senhor vê e acompanha com compaixão o abatimento do Seu povo. Para quem está abatido, triste, sofrido, humilhado, enfermo... o Senhor diz: "Sou Eu quem conforta o meu povo. Confie em Minha palavra. Não tema". O Senhor nos pede que, ao invés de lamentar e maldizer a vida, tomemos a decisão de exultar com aclamações e louvor ao Seu santo nome. Deus não se esquece de Seu povo. Ele conforta e auxilia os humilhados, mostrando Sua ternura. Ele nos garante que o choro pode durar uma noite, mas a alegria chega no amanhecer, pois nada melhor do que um dia após o outro para que a graça de Deus aconteça. "Perseverai na oração, mantendo-vos, por ela, vigilantes na ação de graças" (Col. 4,2). Hoje, a sua confiança precisa estar em Deus, somente em Deus! QUE DEUS O ABENÇOE. TUDO PELO SENHOR E SEU REINO! http://luziasantiago.com/

8 pessoas queridas comentaram AQUI comente também:

GÊ Uma Nova Mulher disse...

Olá Diva!!

Eu penso um pouco assim, tipo não deixar pra amanhã pra dizer pra quem amamos que o amamos, não ficar brigada com ninguem, viver bem em paz, porque não sabemos qdo será o nosso último dia.

Beijos e força ai

R. e Vanessa Monteiro disse...

Um bj em teu coração Amadinha!!!

*com lagrimas nos olhos!

minha postagem me fez lembrar de tristes acontecimentos em família...


volto depois(leando filhote ao colegio)


saúde e paz

Karina disse...

ai eu te entendo, linda!
Espero q vc melhore logo...
Bjus

Kéca disse...

Estou comovida com seu post... sem palavras, mas força minha amiga linda♥

Minha fábrica de sonhos... disse...

Força aí guria.
Ele está em paz, com Deus e está muito melhor do que nós que aqui estamos nas lidas terrestres.

Mas por que será que as pessoas sorridentes, alegres e felizaes são as que vão primeiro? Seriam anjos que vieram passar uma temporada aqui conosco?

Bjkas.
Nara.

Márcia Souza disse...

Leilinha,
Sinto muito pela tua perda...é difícil falar qualquer coisa nessa hora...
Que Deus ilumine o teu querido amigo nessa passagem e amparem os que ficam..

Beijos e fica com Deus

Sara disse...

Oi amiga!!
Acho que sinto o mesmo q. vc!!Perdi um primo de 23 anos, ontem de acidente, estava parado no sinal e veio um motoqueiro bebado e bateu na moto dele parada, ele teve morte instantanea!!!!
Acredito ser mais revoltante, e que nos deixa à pensar mesmo, quais foram seus atos pensamentos e sonhos...
Pior ainda o que será da família sem seu ente querido...
Só Deus mesmo, né??
Beijo.

disse...

Meus sentimentos...Perder alguém próximo é realmente triste, mas é bom que traga reflexões e preces que possam ajudar quem estiver ao redor!

É lindo acompanhar seu raciocínio sobre essas coisas mais profundas da vida (e além dela), pois nos sentimos mais próximas e refletimos junto!

Beijos!